Sorvete de Frutas Vermelhas

Essa é uma receita de Sorvete de Frutas Vermelhas (morango, mirtilo e amora), adaptada do site Simplesmente Delícia. Originalmente a receita era de sorvete de morangos, mas é possível adaptá-la facilmente pra outras frutas.

Vou deixar bem claro desde o começo do post que pra fazer sorvete em casa é altamente recomendável que você use uma máquina de fazer sorvete. Fazer a massa do sorvete até que é simples… O problema é que na hora de congelar, se você não tem uma máquina (como é o meu caso…), você terá uma trabalheira enorme e o sorvete ainda assim não ficará tão cremoso quanto você gostaria.
Eu sei o que você deve estar pensando: “Que sacanagem postar uma receita de sorvete que ninguém vai fazer porque ninguém tem a máquina em casa!”.
Façam o sorvete! Por mais que a cremosidade deixe a desejar, fica muito gostoso e o sabor é incrível! Quem sabe, assim como eu, vocês não comecem a pensar em comprar a tal máquina de sorvete?
Pelo que eu andei lendo, a Cusinart é uma boa marca para esse tipo de equipamento. Não encontrei para vender em nenhuma loja no Brasil, mas no site americano da Cusinart, encontrei um modelo por 60 dólares.
Outra coisa que eu devo avisar desde o início é: não se assuste com a receita! Sei que quando vocês lerem na receita os termos “temperagem”, “creme que forma caminho na espátula”, “banho-maria” vão se assustar como eu me assustei. Mas não tenham medo! Não é nada tão complicado quanto parece!
Para variar o sabor do sorvete eu creio que basta você preparar uma polpa com a fruta desejada e açúcar, lembrando-se que a polpa não pode ser muito aguada. Para essa receita você vai precisar de uma batedeira, um pote com tampa para levar o sorvete ao congelador, muito gelo para resfriar a massa quando sair do fogão, uma bacia grande (que comporte o pote com tampa) para colocar o gelo e fazer o resfriamento.

Ingredientes

  • 250 g de morangos bem maduros
  • 100 g de amoras
  • 100 g de mirtilos
  • 1/2 copo de açúcar (100 gramas)
  • 3/4 copo de creme de leite fresco (175 gramas)
  • 3/4 copo de leite integral (175 gramas)
  • 4 gemas de ovo
  • 1/2 colher de chá de aroma de baunilha

Modo de Preparo

  1. Lave as frutas, seque-as e corte os cabinhos. Pique-as grosseiramente, em dois ou quatro pedaços e ponha numa vasilha. Os mirtilos você pode simplesmente espremer um pouco para romper a casca e não precisa picar. Junte a metade do açúcar (50 g), misture bem, tampe a vasilha e leve a geladeira de um dia para o outro. Ou no mínimo 8 horas.
  2. Numa panela media, ponha o creme de leite fresco, o leite integral e o restante do açúcar (50 g). Leve a panela ao fogo médio até o açúcar dissolver e o creme estar bem quente (porem não fervendo), misturando sempre com uma espátula.
  3. Enquanto o creme esquenta, ponha numa vasilha media as quatro gemas de ovo e misture com um garfo para quebra-las. Prepare também o banho-maria para esfriar o creme depois de pronto: separe uma vasilha bem grande, com gelo e água, aonde caiba uma vasilha menor (aonde vamos por todo o creme para esfriar na água bem gelada). Reserve esse banho-maria com o gelo enquanto acaba de preparar o creme na panela.
  4. Quando o creme estiver bem quente (mas não fervendo), vamos fazer a temperagem das gemas. Isto é, temos que misturá-las aos poucos ao creme quente para não cozinha-las e deixar formar pedaços de gemas. Para isso, derrame um pouco (duas ou três colheres de sopa) do creme quente em cima das gemas e misture bem; acrescente mais liquido a medida que for misturando as gemas até as gemas estarem mornas. É importante que você misture o liquido quente às gemas (e não as gemas ao liquido já que dessa forma as gemas cozinham no liquido quente).
  5. Quando as gemas já estiverem passado pela ‘temperagem’, entorne tudo no restante de creme quente que estiver na panela e cozinhe, misturando sem parar com a espátula, até o creme engrossar. Uma forma de ver se o creme está pronto é tirar a espátula da panela e passar o dedo no creme que escorre nas costas da espátula: tem que formar um ‘caminho’ na espátula. Retire a panela do fogo imediatamente e junte o aroma de baunilha.
  6. Entorne o creme, peneirando-o, numa vasilha pousada dentro da vasilha com gelo. Misture com a espátula e deixe o creme esfriar no banho-maria de gelo. Depois que o creme estiver à temperatura ambiente, cubra com filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 12 horas.
  7. Quando for congelar o sorvete , escorra as frutas e descarte o liquido que se formou. Coloque-as no processador e processe até não haver mais pedaços grandes. Junte-as ao creme gelado.
  8. Leve a mistura ao congelador por 45 minutos. Retire-a do congelador, bata a mistura e depois coloque-a no congelador novamente. Repita este procedimento a cada 30 minutos por cerca de 3 horas (até que o sorvete congele por completo).
Lembre-se de que a intenção aqui é congelar a massa sem que ocorra a formação de cristais de gelo.
Anúncios

Uma opinião sobre “Sorvete de Frutas Vermelhas

  1. Pingback: Shimeji com shoyu « A Paulistinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s